Ao Som da Chuva

Abril 21 2011

 

Escrevo-te a ti, que andas por ai à minha procura, numa solidão povoada,

vazia e acomodada à espera que a vida te ponha no caminho uma mulher como eu.

Não sei como te chamas nem por que inicial começa o teu nome,

mas sei que existes, que me esperas e desejas e que um dia farás parte da minha vida.

publicado por DN às 21:54

mais sobre mim
Abril 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
14
15
16

17
19

24
26
27
29
30


pesquisar
 
blogs SAPO