Ao Som da Chuva

Agosto 04 2011

 

 

Atire a primeira pedra quem nunca chorou de tristeza ou de saudade!

Atire a primeira pedra quem nunca se sentiu perdido,

quem nunca duvidou,

quem nunca se entregou ao cansaço e ao desânimo!

 

Atire a primeira pedra quem nunca amou nem que fosse um bocadinho e que não se decepcionou...

Quem nunca tentou segurar uma lágrima que teimou em descer,

quem nunca sentiu vergonha,

quem nunca sentiu piedade de si e, fechado num quarto, queria que o mundo parasse de girar.

 

Atire a primeira pedra quem nunca desejou esquecer algo que sabe perfeitamente que o coração não vai esquecer.

Quem nunca se sentiu magoado,

quem nunca teve os olhos brilhando,

quem nunca sonhou com uma vida perfeita e quem nunca errou;

quem nunca começou algo que não terminou,

quem nunca se arrependeu.

 

Atire a primeira pedra quem nunca se sentiu diferente, se sentiu bonito e se sentiu feio, orgulhoso ou arrasado.

Quem nunca se amou e quem nunca se detestou.

Atire a primeira pedra quem nunca esperou,

quem nunca teve medo de perder;

quem nunca teve o sentimento de não poder se levantar depois de uma queda, mas que acabou descobrindo que isso é parvoíce, pois a gente se levanta sempre.

 

Atire a primeira pedra quem nunca se sentiu carente,
quem nunca pensou na mãe e quem nunca desejou ter colo, mesmo depois de grande...

Quem nunca teve medo de morrer quando estava doente e que se esqueceu quando ficou bom o quanto a vida é valiosa.

 

 

Agora...

 

Atire a primeira pedra quem nunca se sentiu feliz,

quem nunca riu,

quem nunca brincou,
quem nunca cantou,

quem nunca teve coração acelerado e se emocionou.

 

Tenho certeza que pedras caem uma a uma e a minha é a primeira delas...

 

 


mais sobre mim
Agosto 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO