Ao Som da Chuva

Fevereiro 16 2008

 

Ás vezes só me apetece fugir, partir rumo ao infinito...

Aventurar-me pelo desconhecido em busca da minha felicidade...

 

 

 

 

 

Queria passar para palavras este sentimento
Mas apenas lágrimas descrevem o que sinto
É uma dor que chega sem que haja entrega
Que me faz sentir fraca e desprotegida

 

É uma dor que embala, que toma conta de mim
Que diz que me ama ao tocar meu rosto
É um suspiro escapando, me afagando a boca
É o alivio que eu busco num ar que sufoca...

 

Mas apenas lágrimas a minh'alma edita
Apenas silêncio quando a minh'alma grita
Só queria compreender como algo tão profundo
Se fica pela garganta, entre meus dedos...
Em meu mundo...

 

 

publicado por DN às 13:42

Mas q poema tão melancólico:(
Ñ é nd parecido ctg:)
Foste tu q escreveste estas coisas q por aqui estão?
Ainda ñ tinha cá vindo, dsc...valeu a pena a visita, está tentador e inspirador :b
Uma Beijoca :*
vaNNessa a 16 de Fevereiro de 2008 às 20:55

Olá Dora!
Nunca o teu blog teve o título tão certo como no dia hoje...
Um bom domingo para ti!
VB a 17 de Fevereiro de 2008 às 11:15

mais sobre mim
Fevereiro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

13
14
15

17
18
20
22

24
25
28
29


pesquisar
 
blogs SAPO