Ao Som da Chuva

Fevereiro 23 2008

 

 

 
Não ando nos meus melhores dias, mas também não estou naqueles piores...
 
Estou assim...
…. Melancólica, ausente de mim mesma com aquela necessidade de silêncio e tranquilidade, preciso estar só, pensar, reflectir, recordar.
Será que me consegues compreender?
 
Amanhã festejo os meus 23 anos.
Acho que o tempo passou depressa de mais.
Recordo com saudade todos os momentos de criança pois nunca tive pressa de crescer e sempre senti que os dias passavam depressa de mais...
 
Destes 22 anos ficam bons e maus momentos.
Penso que os bons foram muitos, mas os maus foram muito intensos.
Ao longo deste caminho olho para trás, e não me orgulho de tudo o que fiz…
 
Estou saudosista.  
Tenho saudades.
Saudades de todos aqueles que já passaram pela minha vida... saudades daqueles amigos especiais, saudades das brincadeiras, das conversas, das traquinices.
Saudades de todos os bons momentos…
E saudades de mim mesma…
 
Olho para o espelho e não me reconheço. Estou diferente, por fora e por dentro… A vida fez-me amadurecer, mudar.
Será que me tornei numa pessoa melhor? Não creio…
 
Ouço o ruído da chuva e sinto-me mais tranquila. Serena…

 

 

 

publicado por DN às 00:01

Foi a primeira vez que as vi este ano.
Vestem de negro como sempre e trazem no peito o desenho de um sorriso branco.
Vi-as hoje pela primeira vez...Voavam em frente à tua janela, revoluteavam no ar e trinavam felizes.
Programaram bem a viagem, fizeram a média certa, derrubaram os quilómetros necessários para chegar a horas. São as andorinhas trazendo-te os parabéns por mais uma Primavera.
Faço minhas as suas palavras: Muitos parabéns Dora
Beijinho

Vb


VB a 24 de Fevereiro de 2008 às 09:23

"não creio"??? e se levares um koke na cabeça já começas a crer melhor?
deves andar com a vista enevoada tu!!!
a 2 de Março de 2008 às 20:58

mais sobre mim
Fevereiro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

13
14
15

17
18
20
22

24
25
28
29


pesquisar
 
blogs SAPO