Ao Som da Chuva

Maio 25 2009

Um dia a maioria de nós irá separar-se. Sentiremos saudades de todas as conversas jogadas fora, as descobertas que fizemos, dos sonhos que tivemos, dos tantos risos e momentos que compartilhamos...

Saudades até dos momentos de lágrimas, da angústia, das vésperas de fins de semana, de fins de ano, enfim... do companheirismo vivido... Sempre pensei que as amizades continuassem para sempre...

Hoje não tenho mais tanta certeza disso. Em breve cada um vai pra seu lado, seja pelo destino, ou por algum desentendimento, segue a sua vida, talvez continuemos a nos encontrar, quem sabe... nos e-mails trocados...

Podemos nos telefonar... conversar algumas bobagens. Aí os dias vão passar a... meses... anos... até este contato tornar-se cada vez mais raro. Vamos nos perder no tempo...

Um dia os nossos filhos verão aquelas fotografias e perguntarão: Quem são aquelas pessoas? Diremos que eram nossos amigos. E... isso vai doer tanto!!!

Foram meus amigos, foi com eles que vivi os melhores anos de minha vida!

A saudade vai apertar bem dentro do peito. Vai dar uma vontade de ligar, ouvir aquelas vozes novamente... Quando o nosso grupo estiver incompleto... nos reuniremos para um último adeus de um amigo. E entre lágrimas nos abraçaremos...

Faremos promessas de nos encontrar mais vezes daquele dia em diante. Por fim, cada um vai para o seu lado para continuar a viver a sua vidinha isolada do passado... E nos perderemos no tempo...

Por isso, fica aqui um pedido deste humilde amigo: não deixes que a vida passe em branco, e que pequenas adversidades sejam a causa de grandes tempestades...

Eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores... mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos!!!

 

Vinicius de Morais


Maio 05 2009

 


Sorrisos...Quando a tristeza invadir o teu coração.
Arco-Íris...Para tu seguires as nuvens.
Risos...Que beijem os teus lábios.
Abraços...Quando a alegria não estiver contigo.
Amigos...Que iluminem o teu ser e o teu dia.
Beleza...Que os teus olhos possam ver.
Confiança...Quando a dúvida aparecer.
Fé...Para que acredites na tua força.
Coragem...Para te conheceres a ti mesmo.
Paciência...Para aceitares a realidade.
Amor...Para ofereceres a todos à tua volta !!


Abril 23 2009

 

 

 

 Solidão não é a falta de gente para conversar, namorar, passear ou fazer sexo... Isto é carência!

Solidão não é o sentimento que experimentamos pela ausência de entes queridos que não podem mais voltar... Isto é saudade!

Solidão não é o retiro voluntário que a gente se impõe, às vezes, para realinhar os pensamentos... Isto é equilíbrio!

Solidão não é o claustro involuntário que o destino nos impõe compulsoriamente... Isto é um princípio da natureza!

Solidão não é o vazio de gente ao nosso lado... Isto é circunstância!

Solidão é muito mais do que isto...

Solidão é quando nos perdemos de nós mesmos e procuramos em vão pela nossa alma.

 

Fátima Irene Pinto


Abril 22 2009

Eu sou feita de
Sonhos interrompidos
detalhes despercebidos
amores mal resolvidos

Sou feita de
Choros sem ter razão
pessoas no coração
atos por impulsão

Sinto falta de
Lugares que não conheci
experiências que não vivi
momentos que já esqueci

Eu sou
Amor e carinho constante
distraída até o bastante
não paro por instante


Tive noites mal dormidas
perdi pessoas muito queridas
cumpri coisas não-prometidas

Muitas vezes eu
Desisti sem mesmo tentar
pensei em fugir,para não enfrentar
sorri para não chorar

Eu sinto pelas
Coisas que não mudei
amizades que não cultivei
aqueles que eu julguei
coisas que eu falei

Tenho saudade
De pessoas que fui conhecendo
lembranças que fui esquecendo
amigos que acabei perdendo
Mas continuo vivendo e aprendendo. 

mais uma vez  "Martha Medeiros"


Março 26 2009

O meu mundo não é como o dos outros, quero demais, exijo demais; há em mim uma sede de infinito, uma angústia constante que  nem eu mesma compreendo, pois estou longe de ser uma pessimista; sou antes uma exaltada, com uma alma intensa, violenta, atormentada, uma alma que não se sente bem onde está, que tem saudade… sei lá de quê!

 

Florbela Espanca.

 

publicado por DN às 14:11

Fevereiro 24 2009

Há sem dúvida quem ame o infinito,
Há sem dúvida quem deseje o impossível,
Há sem dúvida quem não queira nada
Três tipos de idealistas, e eu nenhum deles:
Porque eu amo infinitamente o finito,
Porque eu desejo impossivelmente o possível,
Porque eu quero tudo, ou um pouco mais, se puder ser,
Ou até se não puder ser...

Alvaro de Campos

publicado por DN às 12:38

Dezembro 27 2008




Agora dentro do coração...
Sinto o vazio...
Procuro um abrigo...
Descompassado por um amor...
Escondo a dor querendo me apaixonar...
Não estou triste !
Mas este coração quer novamente sofrer...
Ele sabe muito bem...
Melhor que minha razão...
Que quando está sentindo paixão...
Sofre como criança por um doce !
Acho mesmo sabe o quê ?
Quero me perder neste melado...
No colo...
No sorriso...
No carinho...
Na insônia...
Trazer tempestade em meu mar...
Tirar o sossego da minha vida !
Refazer e renascer o meu jardim...
Plantar flores novas...
E encontrar a certeza...
Que esqueci as antigas pétalas !




Paula Lima 

 

publicado por DN às 00:42
Tags:

Novembro 08 2008

Que prazer me dá

Ver o relógio adiantado!

 

Já as badaladas dão um novo dia

E eu sei que me falta uma hora ainda...

 

Hora para sonhar,

Hora para chorar,

Hora para dançar,

Hora para sorrir,

Hora para apaixonar...

 

Depressa!

Vamos gastar esta hora,

Que é só nossa,

Antes que o tempo

Lembre-se de a cobrar!

 

por Bill Stein Husenbar

 

 


Setembro 03 2008

 

Assim muitão!!!!!!!

 

Prendo as tuas mãos:
no toque de mil dedos,
no abraço liberto de medos.

Fica meu amor:
na noite ainda incerta,
na fome de amor desperta.

Respiro a tua pele:
sabe a chuva molhada,
sabe a luz da madrugada.

Amo-te, meu amor:
numa promessa para além da morte,
numa adivinha maior do que
a sorte!


Agosto 03 2008

Poema

publicado por DN às 12:54
Tags: ,

mais sobre mim
Novembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO