Ao Som da Chuva

Agosto 20 2010

 

 

Presos na janela, meus olhos acompanham.
Luzes, ruídos, da rua todos os movimentos.
E tento coordenar, do pensar, os fragmentos.
Pergunto-me, em que horizonte pousa teu olhar.
Onde está e que imagem você vê da tua janela?
Sente saudade? Será que me enxerga, através dela?
Dúvidas me travam, me amarram, não aconteço...
Olhando as sombras na parede, sem sonhos adormeço...
(Glória Salles)


mais sobre mim
Novembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


posts recentes

Janela

pesquisar
 
blogs SAPO